Games Atuais e Retrogames em Geral


    Conheça 10 Erros Do Google

    Compartilhe
    avatar
    silasgja
    OldGen
    OldGen

    Número de Mensagens : 297
    Idade : 29
    Warn : 0%
    Data de inscrição : 21/05/2008

    Conheça 10 Erros Do Google

    Mensagem por silasgja em Ter 08 Jul 2008, 02:32

    O Google é considerado a empresa de internet de maior sucesso da atualidade. Mas a companhia, que também é sinônimo de o mais famoso buscador, não chegou onde está sem correr riscos – e alguns deles revelarem-se fracassos espetaculares.

    Confira dez deles abaixo:

    Por exemplo, o Google Acelerator, que supostamente melhoraria a velocidade de quem navegasse na web, ou ainda o Google Answers, serviço pelo qual se pagava para obter respostas a qualquer tipo de pergunta. O Google Video também fez tanto sucesso que a empresa resolveu adquirir quem realmente entendia do mercado, o YouTube, o que confirma um ditado corporativo famoso: se não pode vencê-lo, compre-o!

    Alguns dos deslizes do Google não duraram – acredite – mais do que um dia e foram varridos da face da web sem deixar vestígios. Outros foram negligenciados a uma subcategoria qualquer dentro do labirinto de serviços web do gigante de buscas. Houve também alguns que surgiram como beta há cerca de cinco anos, e ainda permanecem atrelados ao Google Labs, sem qualquer esperança aparente de ganharem vida própria.




    Google X


    Um dos deslizes mais misteriosos do Google foi o Google X site, uma página de buscas redesenhada, cujo design lembrava a interface do Dock, do Mac OS X. No pé da página, encontrava-se a seguinte inscrição: “Roses are red. Violets are blue. OS X rocks. Homage to you.”.

    O site, lançado em 2005, ficou no ar por apenas um dia antes de ser fechado pelo Google, sem que nenhuma explicação pública fosse veiculada. Há quem diga que o Google X foi eliminado para evitar dores de cabeça que os advogados da Apple poderiam causar alegando problemas de copyright. Felizmente, o Google X sobreviveu graças ao alguns usuários fanáticos que criaram mirrors do serviço e que estão disponíveis para quem quiser usar.

    Google Catalog
    Este serviço de busca de preços na web está em perpétuo estado de beta. Ao clicar no primeiro resultado da busca por “notebooks”, por exemplo, o que se obtém é um link quebrado. Quando funciona, o Google Catalog parece mais com um arquivo de catálogos online do que com um site de referência que se deva consultar antes de decidir-se por um compra.

    Google Video

    O Google chegou a pensar que os usuários precisavam de uma nova aplicação para baixar e reproduzir vídeos em seus computadores. O resultado foi o casamento do serviço online de vídeos do Google com um tocador capaz de reproduzir vídeos codificados utilizando o formato usado pelo Google (novamente algo que o Google achou que os usuários precisavam).

    O player suportava playlists de vídeo e permitia avançar para trechos do conteúdo que ainda nem haviam sido baixados. Entretanto, a organização dos vídeos é precária, o preço do conteúdo pago muito é variável e o serviço não funciona em dispositivos portáteis. Em agosto de 2007, o Google retirou o tocador do seu site.

    Acelerador Web
    O serviço de aceleração de navegação web do Google é uma combinação de algo que você não precisa com algo que pode comprometer sua privacidade. O software ainda é oferecido pelo Google e promete acelerar a carga de páginas web em cerca de 20%.

    Testes mostraram que os usuários de banda-larga, público-alvo do Google Web Accelerator, já tinham a velocidade que precisavam. E, desde o início, ativistas favoráveis à privacidade na web acusavam o Google de usar a serviço como ferramenta de pesquisa de mercadológica.

    “Eles estão vendo o que as pessoas fazem a web, o que lêem, o que compram. Há muita informação potencial disponível a partir do momento que as pessoas clicam em determinada URL”, afirmou Richard Smith, especialista em segurança do Computerbytesman.org.

    O que aconteceu com o Google Answers?
    Durante cinco anos, o Google Answers permitiu que qualquer pessoa pudesse postar uma pergunta e dizer quanto queriam pagar a quem tivesse a resposta. Um grupo de especialistas do Google poderia aceitar (ou não) o pagamento e, caso aceitasse, responder a pergunta.

    O serviço era muito utilizado por estudantes secundaristas e universitários (e também pelo autor desse texto). Em geral, as respostas eram completas, bem pesquisadas e bem escritas. Qualidade, porém, nem sempre é recompensada na web.

    O Google não conseguiu competir com o Yahoo Answers (clique aqui para conhecer a versão em português do serviço), gratuito e baseado na enorme comunidade Yahoo. A resposta oficial do Google Answers para a pergunta “O que aconteceu com o Answers?” é “Não há resposta até o momento”.

    O serviço não aceita novas perguntas, mas a base de dados ainda pode ser pesquisada.

    Cadê os Google Coupons?
    Os cupons do Google é o equivalente na internet aos rinocerontes brancos – ambos existem mas apenas uns poucos já foram vistos até hoje. Google Coupons é uma facilidade existente no Google Local Business Center que permite às empresas criarem cupons “web” e colocá-los no Google Maps.

    A idéia por trás do Google Coupons é que se alguém está buscando por algum serviço local utilizando o Google Maps, uma empresa nas redondezas que ofereça tal serviço iria exibir um cupom no mapa que poderia ser impresso e utilizado no mundo real.

    A idéia parece interessante. Mas como um usuário freqüente do Google Maps, em dois anos de existência do serviço, eu jamais me deparei com um único cupom sequer. E você, encontrou algum?

    Busca por comandos de voz

    O Google Voice Search, que era apenas um experimento do Google Labs, foi lançado em 2003 e funcionava da seguinte maneira: primeiro deveria se visitar a homepage do serviço; depois, era necessário ligar para o número de telefone que era mostrado na tela e dizer a palavra que se queria pesquisar; a próxima coisa a fazer era voltar para o computador e clicar no link do Google Voice Search e pronto. A resposta à busca era mostrada na tela do PC.

    Nem é preciso dizer que o serviço não vingou. Fazer buscas por ele é quase como ligar para seu irmão que mora do outro lado da cidade e pedir que ele venha até sua casa para escovar seus dentes antes de você ir para cama dormir.

    Entretanto, a tecnologia utilizado por esse experimento ajudou a promover serviços hoje disponíveis em telefonia móvel como o ChaCha e o Google 411 Service .

    Google Viewer
    A idéia do programa era simples: bastava digitar o que se queria localizar e iniciar a busca. Daí pra frente, bastava ficar sentado e olhar o conteúdo localizado ser carregado. Os resultados seriam mostrados numa espécie de slide show, num fluxo interminável de informações.

    Dessa forma, seria possível ver o conteúdo de um determinado link sem que fosse necessário clicar sobre ele. Mas o projeto foi abandonado. Hoje, pode-se conseguir o mesmo adicionando add-ons ao seu navegador, como o >Cooliris para o Firefox.

    Google Checkout
    Em junho de 2007, usuários fiéis do eBay participaram da conferência anual do site de leilões em Boston. Na esperança de promover seu novo sistema de pagamento pela web – o Google Checkout – que iria competir diretamente com PayPal, subsidiária do eBay – o Google organizou uma festa que teria lugar durante a conferência e convidou os participantes para irem. Há quem diga que a festa era também um protesto contra o fato de o eBay impedir que os vendedores utilizassem o sistema de pagamento do Google.

    Quando o eBay tomou conhecimento dos planos do buscador, ele cancelou todas a publicidade que era realizada por meio do site do Google por mais de uma semana. Detalhe: naquele tempo, o eBay era o maior anunciante do Google.

    A festa? O Google cancelou.

    Orkut
    A rede social do Google foi lançada em 2004 e é um completo sucesso no Brasil, mas o Orkut perde feio para o Facebook e MySpace nos Estados Unidos.

    Tal falta de popularidade do serviço naquele país é atribuída não apenas à forte competição, mas principalmente pelo fato da exigência de um convite para pode entrar na rede, pela ausência de suporte para ferramentas de blog e pela ausência de facilidades de vídeo.

    Falhar nem sempre é ruim
    Todos os funcionários do Google gastam 20% do seu tempo de trabalhando em projetos pessoais de seu interesse. O buscador diz que esta política incentiva a criatividade. É provável que se tivesse medo de correr riscos e ou mesmo falhar, o Google não teria chegado onde está hoje e parte da grandeza do Google pode ser medida também pelo número de fracassos e não apenas pelos projetos bem sucedidos.


    Fonte:Rlsnews
    avatar
    Spit-Nick
    OldGen
    OldGen

    Número de Mensagens : 749
    Idade : 20
    Warn : 20%
    Data de inscrição : 21/04/2008

    Re: Conheça 10 Erros Do Google

    Mensagem por Spit-Nick em Ter 08 Jul 2008, 19:43

    Não li o topico todo, mas a bosta do orkut so presta nesse Brasil? Pq será???
    avatar
    mostbaleia
    Level: Hardcore Mode
    Level: Hardcore Mode

    Número de Mensagens : 1278
    Idade : 26
    Warn : 0%
    Data de inscrição : 20/04/2008

    Re: Conheça 10 Erros Do Google

    Mensagem por mostbaleia em Ter 08 Jul 2008, 21:02

    a bosta do orkut so presta nesse Brasil? Pq será???
    vai saber, mais eu nao acho o orkut de tao ruin assin, ele é melhor do que o google pra achar seriais, cracks, programas, jogos completos, respostas.
    basta saber procurar que voce acha facil e dispensa conteudo com virus ou fora do assunto que voce procura.

    Conteúdo patrocinado

    Re: Conheça 10 Erros Do Google

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg 24 Jul 2017, 15:38