Games Atuais e Retrogames em Geral


    Atriz pornô diz que MMA reprime o lado gay dos lutadores

    Compartilhe
    avatar
    Dr.John
    Level: Deathmatch Mode
    Level: Deathmatch Mode

    Número de Mensagens : 270
    Warn : 0%
    Data de inscrição : 11/05/2012

    Atriz pornô diz que MMA reprime o lado gay dos lutadores

    Mensagem por Dr.John em Qui 20 Set 2012, 19:24



    Há muitos anos o jiu-jitsu foi um esporte bastante criticado pelo contato físico entre praticantes do sexo masculino, em sua maioria. O preconceito foi quebrado pela eficiência das técnicas de solo e pelo código marcial pregado tantos pelos mestres como pelos alunos da arte suave.

    Com o passar dos anos, as artes marciais mistas [MMA] se desenvolveram ao ponto de chegar à TV aberta e de possuir publicações impressas e online especializadas no esporte que mais cresce em todo o mundo, e com o objetivo de pegar carona em seu sucesso, de vez em quando surge alguém disposto a ganhar atenção.

    No Brasil, já houve apresentador e colunista de futebol que se aventurou a criticar, sem sucesso, a maior competição de lutas do mundo. Agora foi a vez de uma atriz pornô expressar em um blog suas opiniões sobre os homens que treinam e explicar porque ela jamais namoraria um lutador.



    Confira as declarações da atriz americana Kristina Rose:

    “Eu me recuso a namorar um homem que escolhe passar o tempo livre rodeado e tocado por outros homens suados na academia. Rolar no tatame descalço com outro cara por divertimento é outra área extremamente perigosa. Por que quase todos os machos que treinam gostam de se rodearem de homens suados na academia no na folga deles? Como todos eles fazem, eles freqüentemente optam por rolar com homens sobre um tatame no suor de outros homens.”

    “Essa também é a razão pela qual eu não sou fã do MMA. Homens heterossexuais nunca deveriam tocar os corpos dos outros com os pés descalços. Não, a menos que estejam f…. O boxe é um esporte corrupto agora mas ao menos eles realmente lutam. Eu acho o MMA uma forma agressiva dos homens se apalparem e que mantém o lado gay deles reprimido. Estamos em 2012, não se pode se casar em qualquer lugar mas é legal ser gay agora. Você pode sair do esconderijo.”

    Kristina também citou duas marcas famosas em usa publicação e afirmou que jamais manteria relações sexuais com homens que usassem as camisetas das respectivas marcas esportivas conhecidas por patrocinador eventos e atletas do MMA.

      Data/hora atual: Qua 20 Set 2017, 04:16